Trabalhar como assistente virtual já é realidade para muitas pessoas

Trabalhar como assistente virtual já é realidade para muitas pessoas

Trabalhar como assistente virtual já é a forma obter renda principal de muitas pessoas que apostaram nesse nicho de mercado.

Com os aspectos negativos aparentemente infindáveis da crise econômica do país, muitos micro empresários e até empresas de médio e grande porte começaram uma política de demissão de funcionários.

Essa prática supostamente serve para diminuir os gastos fixos dessas empresas, mas acaba deixando um problema recorrente: O serviço ainda precisa ser feito.

Com isso ocorre que os funcionários que não são demitidos precisam acumular funções para que os serviços necessários da empresa sejam realizados.

Claro que quando acumulamos funções alguma delas acaba ficando mal feita, porque não conseguimos dar atenção dedicada a tudo, principalmente quando falamos de trabalhos de administração, ou finanças.

Dentro desse quadro, muitas pessoas começaram a prestar esses serviços remotamente, algumas até para seus antigos empregadores.

Com custos infinitamente menores do que manter o funcionário na folha, os empresários acabam usando os serviços virtuais largamente, pois precisam que as tarefas sejam realizadas.

Como ser assistente virtual e criar um bureau de serviços

como ser assistente virtual

Com essa nova possibilidade de trabalho, qualquer pessoa que possua uma expertise em um determinado assunto que os empresários necessitam, pode montar seu negócio virtual de secretária remota.

Os serviços são os mais diversos, trabalhos administrativos, montagem de listas, envio de e-mails, atualização de redes sociais, tarefas comuns do dia a dia, que podem ser bem fáceis e algumas mais elaboradas.

Se você se interessou por esse tipo de trabalho, é importante conhecer alguns passos importantes para ter sucesso e trabalhar como assistente virtual.

Veja abaixo algumas dicas para exercer essa função corretamente e ter muito sucesso:

Escolha sua melhor habilidade

Os serviços que podem ser prestados são inúmeros, mas não adianta nada você pegar um trabalho que envolva alguma habilidade que não domine. Faça uma lista de suas expertises que poderá oferecer para os clientes, assim você não engana seu contratante e nem precisa sofrer para terminar o trabalho.

Mantenha um relacionamento profissional

É fundamental deixar as diretrizes de contratação muito claras. Tanto ao que se refere a remuneração como a que se refere ao prazo para entrega. É importante deixar todos esses aspectos bem claros, para não ter problemas com os clientes.

Defina valores justos para os trabalhos

Antes de definir os valores de seus serviços é importante fazer uma pesquisa de mercado para não correr risco de cobrar muito acima e não conseguir clientes, e também não cobrar muito abaixo para arrasar o mercado.

Determine quanto deseja ganhar por hora e, a partir daí, encontre os valores do serviços individuais.

Saiba lidar com prazos

Trabalhar em casa pode ser muito desafiador, pois não existe ninguém cobrando, e é muito fácil dispersar, procrastinar e deixar os prazos vencerem sem entregar os trabalhos. Crie um cronograma de trabalho confortável para poder encaixar novos clientes que surjam e assim aumentar a renda.

Sempre valorize seus serviços

Se você não valorizar seu trabalho ninguém fará. Dessa forma evite deixar seus preços muito abaixo do mercado, pois acabará ficando cansada(o) de trabalhar e não ver o dinheiro e também porque poderá demonstrar para outras pessoas que o serviço não é de qualidade, afastando potenciais clientes.

Faça tudo contratualmente

Crie um modelo de contrato para cada serviço que fornecer, fazendo isso terá e oferecerá confiança e segurança para seu cliente. Além disso, é importante ter tudo por escrito para algum possível mal entendido que possa ocorrer após a entrega do trabalho.

Sempre entregue mais do que é pedido

Essa é a base de sucesso de qualquer negócio, sempre entregar mais do que é solicitado. No caso de uma secretária remota poderá oferecer algum serviço adicional por um preço mais em conta, ou ainda criar algum tipo de bônus para cativar seus clientes.

Tenha um perfil profissional nas redes sociais

Para promover seus trabalhos é preciso ter um perfil profissional nas redes sociais. Se já usa esses locais pessoalmente, crie um novo perfil apenas para mostrar seu trabalho e lidar com clientes. Isso é importante para passar segurança para seus futuros contratantes.

Faça um curso específico

Trabalhar como assistente virtual é relativamente fácil, mas sempre é bom contar com o conhecimento de quem já tem sucesso nesse negócio. Fazer um curso especializado nesse tipo de prestação de serviços é fundamental para conhecer o passo a passo exato do que precisa ser feito.

O curso Como ser Assistente Virtual da Camille Just é o único online dentro desse segmento. Para saber mais sobre esse curso basta ler meu artigo completo.

Principais vantagens de trabalhar como assistente virtual

trabalhar-como-assistente-virtual

Agora que eu falei rapidamente sobre os deveres que precisam ser providenciados para ser uma assistente virtual é hora de falar das vantagens desse trabalho. Veja abaixo 5 pontos principais:

1 – Fazer apenas o que gosta

Quando você define quais são as habilidades que tem e que deseja colocar a favor dos seus clientes, está na verdade optando por fazer apenas as coisas que gosta. Isso será muito importante para conseguir trabalhar com prazer, o que afastará problemas como procrastinação, estresse e tristeza entre outros.

2 – Definir seus ganhos

Qual empresa você consegue dizer quanto quer ganhar? Nenhuma, não é mesmo? Pois é, aprendendo como ser assistente virtual terá liberdade para cobrar o valor que quer ganhar prestando determinado tipo de serviço.

Como falei acima é importante determinar preços que estejam de acordo com o mercado, assim conseguirá harmonia e terá bastante chance de conseguir novos clientes todos os dias.

3 – Ser dono(a) do seu horário

Sem dúvida, esse é um desafio que muita gente que quer trabalhar em casa nem sabe que existe. Parece fácil poder fazer seu horário, mas sem disciplina e principalmente, sem determinação será complicado fazer determinado número de horas por dia, ou ainda esticar um pouco para atender um prazo mais curto. Você está em casa, mas seu negócio precisa ser levado como tal.

4 – Diversificar os conhecimentos

Cada empresa tem uma forma de trabalho, e isso é uma boa maneira de aprender novos procedimentos, que aumentarão seu conhecimento melhorando a qualidade e variedade dos serviços que poderá oferecer.

Nunca deixe uma oportunidade de aprendizado para trás, não fuja dos desafios de trabalhos mais elaborados, ou com prazos mais longos, isso trará experiência para enfrentar qualquer demanda.

5 – Ajudar outras pessoas

Prestação de serviços é algo um tanto incerto, porém muito reconfortante já que é muito legal saber que seu trabalho está ajudando outras pessoas. Além disso, uma forma de expandir seu negócio é montar uma espécie de agência, onde poderá agregar o trabalho de outros profissionais e aumentar o leque de serviços oferecidos. Isso é uma maneira de expandir o mercado, pois com novas habilidades, você ainda aumenta seu networking e abre muitas possibilidades novas de trabalho.

Se você quer mesmo saber mais sobre trabalhar como assistente virtual, recomendo ler esse meu artigo onde falo sobre o curso da Camille Just que é profissional qualificada e já ganha muito dinheiro trabalhando assim.

Às vezes achamos que sabemos tudo sobre um determinado tipo de trabalho, mas é muito bom contar com a experiência de quem já trabalha como assistente virtual para evitar passar por problemas comuns do meio.

Quer saber mais sobre trabalhar como assistente virtual?

Preparei esse vídeo para você:

Assistente Virtual – O que faz? Quanto Ganha e Como ser Assistente Virtual?

Deixe suas dúvidas e seu feedback nos comentários. Estou a disposição!

Abraço e até o próximo post!

 

Olá! Eu sou Mafalda Melo. Vamos conversar sobre Negócios e Marketing Digital?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.