Eu Comecei a TRABALHAR NA INTERNET por AQUI👉

Acesse!


	

O que é empreendedorismo?

Tempo de leitura: 5 min

Escrito por Mafalda Melo

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

O conceito de o que é empreendedorismo costuma confundir as pessoas, pois muitas acreditam que é preciso ter algum tipo de dom especial para empreender.

A boa notícia é que não é necessário ter um dom específico, mas apenas desenvolver algumas qualidades que ajudarão a empreender do jeito certo.

Antes de saber sobre as qualidades humanas, é bom entender primeiro o conceito do empreendedorismo, pois assim ficará mais fácil ver o contexto disso no cenário econômico e social do nosso país.

O que é empreendedorismo?

É o termo que designa a capacidade que alguém tem para reconhecer oportunidades, desenvolver soluções e saber como investir recursos para criar uma coisa positiva que impacte a sociedade.

Também é a habilidade de, dentro da implantação dessas soluções, saber quais são os principais obstáculos e problemas que podem impedir ou retardar seu desenvolvimento, e conseguir solucioná-los.

Trocando em miúdos, o empreendedorismo engloba ações que impactam a sociedade, a economia, através da criação de negócios/projetos inovadores e com potencial certo de crescimento.

A melhor palavra que pode ser um sinônimo de empreendedorismo é inovação, pois as ações estão sempre causando mudanças reais nos públicos aos quais os produtos/serviços criados se destinam.

É interessante que o empreendedorismo não está apenas relacionado à criação de novos negócios, como a maioria das pessoas pensa.

Também pode ser uma nova maneira de produzir um determinado produto, ou um novo processo para realização de vendas, e ainda o reconhecimento de novos mercados que não estão sendo atendidos devidamente.

Às vezes, dentro de uma empresa existem formas de realizar trabalhos de maneira mais efetiva, e uma ação empreendedora pode identificar, desenvolver e implantar novos processos.

O que é empreendedorismo dentro do panorama brasileiro

O que é empreendedorismo Como ser um empreendedor bem sucedido

Segundo pesquisa realizada em 2019 pela GEM – Global Entrepreneurship Monitor (monitoração de empreendedorismo global), a taxa brasileira era de 38,7 o melhor segundo patamar de empreendedores, contando desde 2002.

Trazendo para números mais fáceis de entender, no Brasil temos mais de 53 milhões de pessoas que se dedicam a serem seus próprios patrões.

Ainda nessa mesma pesquisa e ano, o Brasil alcançou 23,3% de taxa referente a empreendedorismo inicial, dados que englobam todas as empresas que possuem menos de 3 anos e meio de existência.

Esses números colocaram o país na quarta maior taxa de empreendedores iniciais no ano de 2019.

Com o tamanho do nosso país e o avanço rápido da tecnologia é seguro dizer que esses números só tendem a crescer (e muito) nos próximos anos.

Mas, o que leva um brasileiro querer começar um negócio próprio?

Levando-se em conta o conceito amplo de o que é empreendedorismo, podemos afirmar que o famoso “jeitinho brasileiro” é uma característica nata do povo.

Isso faz com o brasileiro tenha uma das principais características para se tornar empreendedor: a criatividade, que é o início dos grandes negócios inovadores e que se destacam dentro do mercado.

Mas, outro ponto que é levado muito em conta aqui no Brasil, quando falamos de começar um negócio, é a falta de empregos para todos.

Por que cresce o número de empreendedores?

Sem condições de prover o sustento, milhões de brasileiros optaram por ter um negócio próprio do que se sujeitarem a passar o dia todo trabalhando em troca de um salário que mal dá para pagar as contas básicas.

É justamente o sonho de milhares de pessoas, ter uma renda infinitamente melhor trabalhando por conta própria, independente dos desafios e dedicação que isso possa requerer.

Ou seja, uma pessoa está muito mais propícia a trabalhar várias horas por dia sendo dona de seu próprio negócio, do que trabalhar menos tempo e ter uma “falsa” sensação de segurança.

Infelizmente, aqui no Brasil, quando ocorre uma crise econômica, a primeira coisa que os empresários fazem é demitir em massa, com isso milhares de pessoas ficam não só sem salário, mas também sem esperança.

E, esse é um dos principais motivadores para ser um empreendedor no Brasil, mesmo com todo quadro caótico que tivemos nos últimos anos.

Para ter uma ideia de como brasileiro é mesmo empreendedor, nos últimos 20 anos o Brasil teve o maior número de novos autônomos registrados.

Entre março e dezembro de 2020 foram mais quase 1 milhão e meio de novos microempreendedores individuais cadastrados.

Se somarmos esses números às mais de 7,5 milhões de micro e pequenas empresas que existem no país, o setor representa 30% do PIB (Produto Interno Bruto) e 99% dos negócios em diferentes nichos de mercado.

Um fator que influenciou bastante a escolha pelo negócio próprio foi a tecnologia, já que em 2020 foi necessário fazer uso desse recurso tanto socialmente como profissionalmente.

2 Dicas para investir corretamente em um negócio próprio

Agora que você entendeu o que é empreendedorismo e como os empreendedores são a força do Brasil, pode estar querendo saber como fazer para começar um negócio.

Veja abaixo 2 dicas efetivas para não meter os pés pelas mãos e ter um negócio realmente lucrativo em longo prazo.

1 – Nicho de mercado

A primeira coisa que é preciso fazer para começar um negócio com chances de sucesso é encontrar um nicho de mercado que seja economicamente ativo.

O que isso quer dizer?

Que você precisa achar qual será seu ramo de atividade, e que tipo de público deseja alcançar.

É fundamental ter um nicho que seja relevante para o público, um produto/serviço que resolva os problemas das pessoas que você quer impactar.

Escolha um nicho que já conhece, ou que tem facilidade para obter informações e evite começar um negócio investindo em algo que seja apenas uma moda passageira.

Sempre pense em produtos/serviços perenes que sejam essenciais, pois assim terá sempre a chance de expandir.

2 – Seja diferente

Com tanta gente empreendendo é natural existir concorrência em alguns nichos mais movimentados como vestuário, brinquedos, eletrônicos.

Para se destacar e atrair mais público é importante criar um diferencial no seu produto/serviço, alguma coisa que agregue valor para o público e que só você ofereça.

Para encontrar esse diferencial faça uma pesquisa com as pessoas que fazem parte do público que consumirá seu produto/serviço, assim terá uma noção do que pode agradar e ser uma quebra de objeção para a compra.

Leia também: Negócio Próprio Lucrativo – 17 Ideias

10 Negócios Lucrativos e Inovadores para Começar Agora e Empreender

Nesse vídeo eu explico sobre tendências de negócios e os 10 negócios lucrativos e inovadores para começar agora o seu empreendimento.

Desejo que esse artigo falando sobre o que é empreendedorismo tenha colocado luz em suas dúvidas, e que ajude você a encontrar o negócio ideal para investir. 

Você pode deixar seu comentário aqui abaixo contando o que achou desse post e o que precisa saber mais sobre empreendedorismo. Será um prazer te ajudar!

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário




Seja o primeiro a comentar!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.