Comece a TRABALHAR NA INTERNET por AQUI👉

Acesse!

NUBANK – 7 Lições de Empreendedorismo

Tempo de leitura: 5 min

Escrito por Mafalda Melo

JUNTE-SE Á NOSSA LISTA DE SUBSCRITORES

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

100% livre de spam.

O NUBANK é uma startup brasileira que presta serviços bancários para seus clientes.

O começo dessa ideia inovadora vem de 2013, quando um de seus fundadores, o colombiano David Vèlez teve uma experiência traumática ao tentar abrir uma conta bancária em uma agência física.

Todo protocolo de segurança com a porta giratória, o cubículo para depositar coisas metálicas/eletrônicas, os seguranças armados, fizeram com que ele saísse da agência se sentindo um criminoso.

A partir dessa experiência, ele decidiu criar um banco que não fizesse os clientes passarem por todos esses “perrengues”, e para colocar em prática se uniu a outros dois empreendedores: Cristina Junqueira e Edward Wible.

Depois de quase 7 anos em operação o NUBANK é avaliado, em cerca de US$ 41,5 bilhões, o que equivale a R$ 231,45 bilhões, segundo a oferta pública inicial de ações da Bolsa de Nova York.

E nós nem precisamos de todos esses números para saber que a empresa é uma startup “queridinha” do público, porque o que mais se vê por aí é gente usando o cartão roxinho para pagar as compras.

Ela é uma realidade na vida do brasileiro, e mais que isso é uma empresa que realmente se preocupa com o cliente, e é justamente por causa disso que tem tanto sucesso no mercado mundial.

Considerada pelos especialistas como sendo um “negócio disruptivo” (que nasce e se desenvolve para romper um padrão), seus fundadores são exemplos de mentalidades empreendedoras.

NUBANK – 7 lições de empreendedorismo ensinadas pelos seus fundadores

nubank

1 – Foco no Cliente

A startup nasceu com uma proposta simples: proporcionar aos seus clientes a melhor experiência bancária que eles pudessem ter.

Depois do episódio de Vèlez na agência bancária física, ele percebeu que esse tipo de atendimento era (e ainda é) um problema muito sério na sociedade brasileira.

Passar horas para resolver um problema simples, ter que passar por toda aquela blindagem, e às vezes sair sem solução é uma coisa que os fundadores do NUBANK não queriam para seus clientes.

Em algumas entrevistas Cristina Junqueira e o próprio David Vèlez disseram que a preocupação nunca foi o lucro, mas sim a forma de atendimento aos clientes, que no Nubank é toda internalizada.

Isso quer dizer que quando você entra em contato para resolver uma dúvida, é uma pessoa real e treinada que está te atendendo, não um chatbot nem uma central de atendimento sediada a quilômetros de distância.

Esse foi e é o principal foco da empresa, a experiência excelente dos clientes.

2 – Adaptabilidade

David Vèlez fala que é muito importante um empreendedor aprender a se adaptar quando se trata de desenvolver seu negócio.

No caso do Nubank que está inserido em um nicho de mercado considerado hostil, essa qualidade é fundamental para que o negócio não saia dos eixos, nem perca sua proposta fundamental.

Desde o começo, os fundadores sabiam que uma startup com essa base voltada para o tratamento do público, exigiria uma mentalidade de adaptação dentro de um mercado que não oferece vantagens e que possui muitas mudanças nos regulamentos. 

Desde sempre eles bateram na tecla de que o jeito certo de fazer diferente, dentro desse setor, era criar uma empresa que coloca o cliente em primeiro lugar, o oposto do que os bancos tradicionais fazem.

3 – Resolver um problema real do público

Com certeza, se você trabalha com marketing digital já deve ter ouvido isso.

Que suas vendas são um resultado do tamanho da ajuda que você dá mesmo para as pessoas.

O NUBANK, com sua política de foco no cliente, permitindo que as pessoas tenham uma conta bancária que pode ser administrada através de um aplicativo no celular, resolveu o problema de milhares de pessoas.

Veja, a base do negócio é fazer com que as pessoas tenham um bom relacionamento com seu banco, seja conta física, ou jurídica, sem precisar enfrentar filas, sem burocracia.

4 – Reciprocidade

O NUBANK tem histórias muito interessantes de relacionamento com os clientes, como o caso do cliente que ligou para o banco dizendo que o cachorro havia comido o cartão.

Esse cliente recebeu um cartão novo e também um brinquedo de mastigar para o cachorro, além de uma carta manuscrita da pessoa que fez o atendimento.

Quando as pessoas são tratadas dessa maneira, elas não esquecem e acabam indicando o banco para outas pessoas.

Segundo Cristina Junqueira, no prazo de um ano cada cliente acaba trazendo mais 2,5 clientes para o banco.

Esse é o famoso gatilho da “reciprocidade”, você se sente na obrigação de ajudar quem te ajudou em algum momento.

É como quando você faz um vídeo no seu canal, ensinando alguma coisa, e alguém compra o que está indicando porque sua explicação mudou a vida dela de alguma forma.

5 – Descanso é importante para o sucesso

Em uma entrevista para a revista Exame, David Vèlez fez algumas recomendações para empreendedores.

Uma delas foi a de que é preciso parar em algum momento do dia para respirar, arejar, colocar as ideias no lugar, ou o estresse de um dia muito cheio pode fazer a cabeça pirar.

Ele tira uma hora todas as manhãs e todas as tardes para se desligar do e-mail e das obrigações e nesse tempo faz coisas que são agradáveis e que ajudam “limpar” a mente e deixar mais fácil ter novas ideias inovadoras.

6 – Aprenda com seus erros

No começo do NUBANK David havia decretado que todos os funcionários deveriam estar na empresa às 8 horas em ponto.

Ele era bem rígido com isso, pois achava que era uma forma de medir o comprometimento das pessoas.

Mas, alguns colaboradores demoravam 2 horas no trajeto para a empresa, assim alguns co-fundadores o incentivaram a repensar essa política.

Quando a flexibilidade de horário foi adotada, David deixou passar e ficou confortável em permitir que sua mente pudesse ser flexível e ajudar a gerar resultados melhores para todos.

A flexibilidade, diz ele, é um ponto importante na mente de todo empreendedor.

Às vezes você acha que alguma coisa vai ser boa, mas na prática vê que não é, então precisa ter a coragem de assumir que estava errado e que outras pessoas podem ter uma solução melhor que a sua.

7 – Medir os resultados

dicas para vender mais

Por último, nessa mesma entrevista David diz que é importante ter uma medida de tempo para analisar os resultados.

Ele considera uma semana, e é semanalmente que ele sabe se a “agulha” do NUBANK está se mexendo na realização das metas.

Essa é uma forma de se planejar em curto prazo e também de deixar mais fácil a realização de uma mudança de planos se for necessário, ou um ajuste para alcance de metas.

Você é dono do seu negócio? Tenha em mente que é preciso olhar tudo de perto para que o planejamento se cumpra e os resultados aconteçam.

6 Ideias de Negócios para Empreender Começando Hoje

Assista o vídeo abaixo e conheça as melhores ideias de negócios para empreender começando hoje. São opções de pequenos negócios lucrativos.

Desejo que esse artigo com algumas lições de empreendedorismo do NUBANK ajude você começar a criar uma mentalidade empreendedora e criar seu negócio de sucesso!

Você vai gostar também:

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário




Seja o primeiro a comentar!

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.